12 de julho de 2012

Decoração de festa infantil: faça você mesma



O post que fiz da festa de 1 ano da minha filha foi um sucesso (aqui) , então volto agora com novas dicas.

Esse ano o orçamento estava mais folgado então aproveitei pra fazer um festa mais caprichada, mas nunca abrindo mão da economia e da reutilização de materiais.

Escolhi um tema que ainda não é muito comum, Bubbles Guppies, pois minha filha adora e eu tento fugir de temas muitos batidos, pra festa não ficar com a cara de outro dono.

Tudo foi personalizado por mim. Nada profissional, mas tudo feito com o carinho de uma mãe esforçada.

O buffet eu comprei em um site de compras coletivas, mas deixo claro que só comprei, pois já conhecia a empresa e tive opiniões boas de outras pessoas e pra minha alegria e dos meus convidados deu tudo certo como deveria ser. Todo o cuidado é pouco nesta hora, pois do que adianta uma decoração lindo e convidados maus servidos!

Os doces, cupcakes e alfajores para enfeitar a mesa também comprei nesses cupons de desconto e acho que eu estava com sorte, pois estava tudo uma delícia.

Com o tema bolhas e as cores laranja e azul definidos fui a procura de uma decoração cheia de bolinhas.

Usei a mesa que tinha em casa. Cobri com uma toalha branca de cetim de 4 metros, dobrei ao meio e ficou perfeito. Preferi comprar o tecido que alugar a toalha. Agora tenho sempre que preciso. Por cima dessa toalha usei dois pedaços de tecido na cor do tema que também usei pra fazer o bolo falso.



Como eu resolvi que agora festa lá em casa quem decora sou eu, comprei algumas bandejas em MDF. Eu mesma pintei. Descobri que pintura não é meu forte, mas deu pra enganar. E vez ou outra ainda as alugo. Para deixá-las com a cara do tema, decorei-as com uma fita laranja com bolinhas.



As duas caixa laranjas foram cobertas com cartolina, claro que com tecido fica muito mais bonita, mas a cartolina é muito mais fácil de tirar já que colei com fita e não com cola.





Usei também um baleiro de plástico que custou R$ 14,00, com 3 bandejas e decorei com potinhos de papinha. Ele é meio fraquinho, mas resistiu bravamente até o final da festa. O segredo foi equilibrar os potinhos, já que são bem mais pesados que balinha. Como está inteirinho, poderei usá-lo novamente.



Para as forminhas de doces achei uma cartolina Vivaldi nas cores que eu queria. Dá umas 40 forminhas 4 pétalas com aresta de 3 cm. Usei como molde uma forminha pronta.



Usei também forminhas lisas e fiz tags com o nome e idade com umas bolinhas, recortei com um cortador de papel e colei nas forminhas com fita banana.




Para enfeitar os capcakes fiz toppers. Para recortar usei cortador redondo escalopado para o centro e um maior redondo liso para a parte externa. Para colar um sobre o outro usei fita banada para dar relevo. O palito é de pirulito que você encontra em lojas de embalagem.



Decorei as tampas dos potinhos com o mesmo papel das forminhas. A parte de cima colei um círculo e cobri a borda com uma fita. Fiz um rótulo  com o tema e agradecimento. Usei 3 tamanhos de potinhos.

Para fazer as artes de personalização eu uso o paint.NET, pois além de ser gratuito é muito fácil de usar.



Para decorar os cachepôs, fiz uns cones de cartolina 15x15 e recheei com jujuba. É super simples, mas confesso que apanhei um pouco pra fechar esse cones.



Corte o papel em quadrado, dobre as laterais seguindo o modelo. Para unir as duas abas use fita dupla face ou cola em bastão (que não deixa o trabalho melecado).


O bolo falso foi feito em isopor e tecido. A vantagem é que além de ficar lindo, você pode reaproveitar a base de isopor para fazer outros temas, pois o tecido não é colado, mas apenas alfinetado no isopor.


Passo a passo aqui



As bonecas são em E.V.A 3D da CMK Arte em EVA, ou seja, minhas! Precisando, aceito encomendas.


O painel foi coisa de última hora. Eu não queria usar balão e tecido ficaria muito caro, então depois de muito pensar, peguei uma cartolina azul, cortei círculos de diferentes tamanhos e colei com fita dupla face como se fossem bolhas. A dica aqui é não pregar com muita força, pra não estragar a parede.



Usei balão n° 6 aos pés da mesas pra dar a impressão de bolhas e um laranja com bolas brancas na porta que foram contribuição do papai. De acordo com ele eram corais.



Nos centros de mesa usei um lata coberta com papel microondulado, passei uma fita de cetim larga e colei um tag. No centro, um pega balão com apenas um balão e rococó para enfeitar.


Gostaram?

Se você já teve uma experiência assim, conte pra gente!

Se não, inspire-se!


Lidiane, mãe do Cáulon, da Maeve e da Kirsi